Publicidade
Morre o saxofonista Teixeira de Manaus, precursor do beiradão, aos 79 anos
19/01/2024 21:57 em Variedades

FOLHAPRESS - Morreu nesta quinta-feira, dia 18, o saxofonista Rudeimar Soares Teixeira, conhecido pelo nome artístico Teixeira de Manaus e precursor do beiradão, estilo de música instrumental da Amazônia.

 

Ele tinha 79 anos e estava internado na capital amazonense desde dezembro para tratar um tumor na hipófise.

 

 

A filha do músico confirmou a informação à Rede Amazônica. Detalhes sobre velório e sepultamento não foram divulgados.

 

Sucesso de vendas nos anos 1980, Teixeira de Manaus transformou a música dos beiradões, como são chamadas festas às margens dos rios no estado do Amazonas, em gênero próprio, com sua mistura de jazz, forró e ritmos caribenhos com pequenos refrões.

 

Ao longo da carreira, Teixeira de Manaus buscou resgatar o que considerava a raiz musical amazonense, inspirando artistas e bandas da região, que mais tarde se apropriaram do termo.

 

Apesar de hoje ser um conceito amadurecido, o beiradão não era gênero quando Teixeira de Manaus estava no auge da carreira, apesar de a última canção de seu disco "Solista de Sax" ter o termo como título.

COMENTÁRIOS