Publicidade
Sebrae Tocantins debate sobre economia e sustentabilidade no agronegócio
03/02/2024 10:46 em Política

Superintendente Rerisson castro destaca que a agricultura enfrenta transformações notáveis impulsionadas pela inovação tecnológica

CARIRI-TO – Com foco em levar conhecimento, inovação e tecnologia para empreendedores rurais, agricultores e profissionais envolvidos no setor, o Sebrae Tocantins leva palestras sobre o universo do agro para o 2° Farm Day.

 

O evento, que é uma realização do Fazendão Agronegócios, teve inicio ontem (02) na fazenda Trindade, zona rural de Cariri, região sul do Estado, e termina hoje (03).

 

Na visão de especialistas da área, a agricultura enfrenta transformações notáveis impulsionadas pela inovação tecnológica. O uso crescente de inteligência artificial, drones e sensores de última geração, segundo eles, está otimizando a produção agrícola, aumentando a eficiência e impactando a oferta de commodities alimentares.

 

Por entender a importância do debate em torno do assunto, o Sebrae levará para o primeiro dia de Farm Day, a palestra Mercado de Commodities em 2024, ministrada pelo analista de mercado, Fernando Muraro, a apresentação.

 

Também no hall de palestras do evento, o público contará com a participação do especialista em investimentos Pablo Spyer. Na ocasião, ele falará sobre os principais temas econômicos no Brasil e no mundo.

Rérison Antônio Castro, superintendente do Sebrae, destaca que a agricultura enfrenta transformações notáveis impulsionadas pela inovação tecnológica.

 

Ele pontua que a conscientização ambiental está moldando as decisões no mercado de commodities e por este motivo, a crescente demanda por práticas sustentáveis e a pressão para redução das emissões de carbono estão impulsionando mudanças nos setores de energia, agricultura e mineração.

 

Compradores e investidores estão cada vez mais interessados em cadeias de suprimentos ecologicamente responsáveis, impactando diretamente as estratégias das empresas do setor, por isso apostamos em debates sobre a agricultura com sustentabilidade”, finaliza.

(Informação: Lua Fernanda/Sebrae-TO).

COMENTÁRIOS