Publicidade
Coronel Paulo Fernando será o novo Comandante da Polícia Militar do Maranhão
26/05/2023 23:26 em Policial

O coronel Paulo Fernando,  Estado, tem uma trajetória de 26 anos na instituição

 

 

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), anunciou nesta sexta-feira (26) uma mudança na cúpula da segurança estadual. Durante uma reunião no Palácio dos Leões, o governador informou que haverá uma troca de comando na Polícia Militar: o coronel Emerson Bezerra será substituído pelo coronel Paulo Fernando.

 

O coronel Bezerra assumirá o cargo de comando do Gabinete Militar da Assembleia Legislativa, enquanto o coronel Paulo Fernando fará o movimento contrário, deixando o Gabinete Militar do Legislativo para assumir o comando da PMMA.

 

Em suas redes sociais, o governador Brandão destacou a realização da passagem de comando e agradeceu ao coronel Emerson Bezerra pelo seu trabalho sério e dedicado à frente da PMMA. Ele também desejou sucesso a ambos os oficiais.

 

“Realizamos a passagem de comando da Polícia Militar do Maranhão ao coronel Paulo Fernando. Agradeço ao coronel Emerson Bezerra, que foi convidado para assumir o comando do Gabinete Militar da Assembleia Legislativa do Maranhão, pela condução da PMMA com seriedade e dedicação. Sucesso a ambos!”

 

O coronel Paulo Fernando, novo comandante geral da Polícia Militar do Estado, tem uma trajetória de 26 anos na instituição. Durante esse período, ele comandou diversos batalhões policiais na capital e nas principais cidades do interior do Maranhão.

 

Em São Luís, ele esteve à frente da 3ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), da 1ª Unidade de Segurança Comunitária e do 8º Batalhão de Polícia Militar (8º BPM).

 

Além disso, o coronel Paulo Fernando foi comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar (13º BPM) de São José de Ribamar, na Grande Ilha. Ele também exerceu o comando de batalhões em outras cidades, como Caxias, Pinheiro, Balsas, Alto Parnaíba, Carolina, Tasso Fragoso, entre outras.

 

Ao longo de sua carreira, ele atuou no Serviço de Inteligência e, em 2022, foi secretário-adjunto do Gabinete Militar do Governador Carlos Brandão.

COMENTÁRIOS