Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Família de ambientalistas é assassinada no sul do Pará
12/01/2022 14:00 em Policial

Polícia Civil em São Félix do Xingu, no sul do Pará, investiga o assassinato de  família que residia as margens do rio Xingu.

A reportagem é de Dinho Santos, publicada por Dol Carajás

A Polícia Civil em São Félix do Xingu, no sul do Pará, investiga o assassinato de três pessoas de uma mesma família que residia as margens do rio Xingu. De acordo com as primeiras informações o crime pode ter sido praticado há cerca de três dias. A família assassinada vivia na localidade conhecida como Cachoeira da Mucura, a cerca de 90 quilômetros de São Félix do Xingu.

José Gomes, o Zé do Lago, sua mulher, Márcia Nunes Lisboa, e a filha dela, Joane Nunes Lisboa, foram mortos a tiros de pistola – como indicam cápsulas de balas 380 encontradas no local. O corpo de Márcia boiava às margens do Xingu, enquanto os de  e Joane estavam nas proximidades da casa.

O casal morava há mais de 20 anos na localidade, onde desenvolvia projeto ambiental de repovoamento das águas com filhotes de tartarugas.

Vídeo mostra soltura de filhotes de quelônios

Todos os anos Zé do Lago realizava a soltura de quelônios das espécies tracajá e tartaruga nas águas do rio Xingu.

Nesta terça-feira (11), a Polícia Civil vai ouvir outros parentes e conhecidos da família. Um inquérito já foi aberto e as investigações iniciaram já no domingo. O acesso à localidade, no verão, é feito de carro. Mas, nesta época e devido às fortes chuvas que têm caído na região, só se chega de barco ou lancha voadeira.

A Polícia Civil solicita a quem tiver informações que possam contribuir com a investigação utilizar o Disque Denúncia, telefone 181.

COMENTÁRIOS