Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Vencedora da licitação assume gestão do Terminal Rodoviário de Balsas
02/08/2019 00:30 em Política

A Empresa RMC Comércio e Serviços, vencedora da licitação de concessão onerosa, após assinar contrato de administração e exploração comercial de serviços de terminal rodoviário de passageiros do município, assumiu nesta quinta-feira (01) a gestão do Terminal Rodoviário Moizemar Pires Coelho em Balsas/MA, para um período de 10 anos de contrato prorrogável por mais 10 anos.

O prédio recém inaugurado custou R$ 2,3 milhões, recursos próprios do município. Com uma área de 800 mt², construída com 10 box para vendas de passagens, banheiros bem equipados com acessibilidade, praça de alimentação: com 6 quiosques, 2 espaços para bancas e um restaurante, rampas de acessibilidade e um espaço no total de 8.000 mt², em que constam espaços pavimentados para estacionamentos, posto de táxi e mototáxi, acesso de ônibus a plataforma de embarque e desembarque.

A RMC Comércio e Serviços administra atualmente os terminais rodoviários de São Luís e Imperatriz no Maranhão e tem previsão para começar operar de 10 a 15 dias

 

O diretor Ricardo Medeiros Costa Júnior destacou que a empresa fará um investimento na colocação de catracas, sistemas de vídeo monitoramento, instalação de mais dois espaços comerciais e que sua equipe já está trabalhando para preparar o local para começar a operação.

“Nossa equipe está treinada e motivada para desenvolver uma boa prestação de serviço no terminal. Estamos instalando sistemas, equipamentos, fazendo a limpeza e manutenção e assim que as empresas de ônibus e os comerciantes se instalarem começaremos a usar. A prioridade para assumir os boxes é para os comerciantes que já trabalhavam na rodoviária antiga. Mas haverá novas regras a que todos serão submetidos com objetivo de prestar o melhor serviço possível”, destacou o diretor.

Além de ônibus, o Terminal Rodoviário vai servir para embarque e desembarque de Vans. E será cobrada taxa de embarque de R$ 3,00 para ônibus e R$ 1,5 para Vans.

 

Fonte: Diário Sul Maranhense

COMENTÁRIOS