Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Onix, o recordista de vendas no mercado automotivo
11/11/2020 00:56 em Variedades

Fonte: Chevrolet

 

O Chevrolet Onix foi o mais vendido do país e não pretende sair do ranking tão cedo. Veja agora algumas características que justificam porque Onix é o recordista de vendas na sua categoria.

 

Mesmo após seus sete anos de lançamento, o Onix ainda é atual. Seu design, atualizado, é atual, o acabamento é agradável e o espaço interno confortável. Sua suspensão é bem equilibrada e transmite uma robustez bem característica dos modelos da Chevrolet. Dá para entender porque o Onix é o melhor do seu segmento nestes aspectos.

 

O Onix está longe de ser um carro alto, mas dá essa impressão para aqueles que se acomodam nos bancos dianteiros. Os bancos da frente costumam ser mais altos, mesmo com regulagem mínima e o painel é inferior e afastado. Dando a sensação de espaço para as pernas de quem está nos bancos traseiros. A única desvantagem nos semáforos, no caso de motoristas mais altos, pois o espelho interno fica na linha de visão o que dificulta a visão de placas e semáforos. O hatch, porém, compartilha da plataforma com a GSV. Os motores 1.0 8V e 1.4 8V do Onix receberam algumas atualizações junto com a alterações do modelo. Não possui os melhores números em relação a potência e torque, mas entrega um ótimo desempenho, bons números de referente ao consumo, além da sua reputação positiva em relação a manutenção. Chega a fazer 10,7 km/l na cidade e 15,5 km/l em rodovias, precisando de 14,6 segs para alcançar os 100 km/h. Já o 1.4 marcou faz de 11 a 14,2 km/l nos mesmos comandos e abastecido a gasolina. Seu tempo é de 0 a 100 km/h em 12 segs.

 

No primeiro semestre de 2020, as versões 1.0 do Onix foram responsáveis por 50% de vendas. Os 46% das vendas foram da versão Joy, que mantém o design antigo do Onix. Entre as vendas do 1.4, 35% dos emplacados foram de câmbio automático, um número considerável para um carro dessa categoria. O Chevrolet Onix teve a segunda menor desvalorização entre todos os modelos avaliados na sua categoria. Seus 8,4% de depreciação no primeiro ano, ficando atrás somente do Honda HR-V EX.

 

Mas ao falar de uma vantagem no Onix, não podemos esquecer da central MyLink, que está disponível no modelo desde o seu lançamento, A Chevrolet popularizou as centrais multimídia dentre os modelos compactos. Vale ressaltar que, no início não haviam muitas funcionalidades, mas atualmente é veículo é compatível com sistema Apple Carplay e Android Auto. O MyLink é mais utilizado nas versões do hatch do que o computador de bordo. Mas aqueles que optarem pela versão LTZ e Activ terão informações sobre consumo no painel de instrumentos, e o MyLink é opcional.

 

Onix Effect: Essa versão é ideal para aqueles que optam por acessórios e um design mais ousado. Além do teto pintado, a versão Effect é repleta de adesivos escuros nas colunas, para-choque, laterais e na traseira, além do preto brilhante nas capas dos retrovisores, grade e no contorno dos faróis, rodas de liga leve 15” escurecidas e spoiler traseiro. Os faróis Bluevision, as saídas de ar detalhadas em vermelhos e os bancos revestidos na cor preta. Além do motor 1.4 com câmbio manual de 6 marchas.

 

Onix LT 1.4: A versão LT 1.4 é mais barata da linha e mais simples que a Effect, com a vantagem de ter os mesmos itens, como: os faróis Bluevision, retrovisores elétricos, volante com regulagem de altura, iluminação no porta-luvas e detector com sensor de ré. Na parte externa, ainda possui adesivos na coluna, sua grade frontal tem detalhes cromados e as rodas são de liga leve 15”. Possui também a automática e eficaz central de multimídia MyLink. Além do câmbio automático e opcional controle de cruzeiro.

 

Onix Advantage: A Advantage traz consigo o motor 1.4 e câmbio automático de 6 marchas, incluindo praticamente todos os itens da versão LT 1.4, mas sai perdendo em alguns aspectos. Por exemplo, suas rodas são de aço 15” e vem com sistema de som simples, entrada USB e Bluetooth. Na parte externa, há adesivos nas colunas e na capa dos retrovisores.

 

Onix Activ: A versão considerada aventureira é a mais cara da linha e repete alguns dos adesivos da versão Effect, tenta simular robustez com algumas figuras nas laterais e dispõe de um bagageiro no teto. Além das rodas de liga leve de 15” escurecidas. No seu interior, possui porta-óculos, bancos detalhados na cor cinza e acabamento em dois tons similar ao da versão LTZ. É totalmente equipado como a versão Effect e inclui itens da LTZ, como os faróis e lanternas de neblina, luzes Bluevision, detalhes cromados nas lentes dianteiras, luzes de condução diurna de LEDs e vidros elétricos.

 

Onix LTZ 1.4: A versão LTZ 1.4 leva a melhor devido a todos os detalhes. Afinal, traz consigo um motor mais robusto e soma itens interessantes de série, por exemplo, os faróis e lanternas de neblina, faróis com lâmpada Bluevision, molduras cromadas nos faróis, luzes LEDs diurnas, vidros elétricos e alças de segurança no teto para os passageiros dos bancos traseiros. Em paralelo, ostenta de rodas de liga leve 15” e bancos com acabamento superior em tons pretos e azuis. No consumo, com etanol faz de 8,6 a 10,5 km/l e, a gasolina faz 12,5 e 15 km/l.

 

Não é difícil entender porque o Onix é recordista em vendas entre os carros novos e os carros usados, além da variedade de versões na sua gama também satisfaz em termos de equipamentos e segurança!

 

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas entendam porque o Onix é recordista em vendas no mercado automotivo!

 

 

COMENTÁRIOS