Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Secretário da Saúde é preso por suspeita de peculato
08/05/2022 10:39 em Policial

Sinvaldo dos Santos Moraes foi preso após um caminhão do Executivo Municipal descarregar móveis em sua casa

Após um caminhão da Prefeitura de Gurupi ser flagrado descarregando uma mudança na casa do secretário da Saúde da cidade, Sinvaldo dos Santos Moraes, o gestor foi preso na tarde da sexta-feira, 6.

Secretário da Saúde de Gurupi é preso por suspeita de peculato

A prisão ocorreu depois que a vereadora Débora Ribeiro (PTB) chamou a polícia ao perceber que o veículo do município estava fazendo serviços particulares para o secretário.

Na delegacia onde o secretário prestava depoimento, nem ele nem o advogado quiseram se manifestar.

O motorista do caminhão, que não teve o nome revelado, afirmou à Polícia Civil que estava em Palmas fazendo o transporte de mesas, quando recebeu a orientação para passar na casa do secretário e pegar os móveis.

Após a ordem, ele teria retornado a Gurupi e descarregado o veículo na casa do secretário da Saúde.

A Polícia Civil autuou o gestor pelo crime de peculato e o encaminhou à Casa de Prisão Provisória de Gurupi.

Conforme o artigo 312 do Código Penal, o crime de peculato tem como objetivo punir o funcionário público que, em razão do cargo, tem a posse de bem público, e se apropria ou desvia do bem, em benefício próprio ou de terceiro. Conforme a lei, o crime prevê pena de prisão de 2 a 12 anos e multa.

Prefeitura de Gurupi

Em nota, a Prefeitura de Gurupi disse que não apoia e nem compactua com nenhuma irregularidade, ilegalidade ou abuso no uso e gestão da coisa pública. Segundo o órgão, o Executivo Municipal irá apurar os fatos divulgados em relação a subtração de uma betoneira e utilização de veículo público para transporte de mudança de servidor. " Após a apuração dos fatos serão adotadas todas as medidas cabíveis, obedecendo aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência", destacou a prefeitura.

Jornal do Tocantins

COMENTÁRIOS